Limpeza de lagos e reservatórios


A eutrofização decorrente das cargas externas de nutrientes recebidas por um corpo d’água, ou dos processos internos de ciclagem de nutrientes, pode acarretar no crescimento explosivo de algas ou macrófitas e alterar a composição e dominância das comunidades bióticas. Em corpos hídricos, as macrófitas por apresentarem crescimento excessivo se tornam indesejáveis, gerando efeitos adversos para o meio aquático, acelerando o processo de eutrofização e prejuízo para os outros tipos de uso como a diminuição de disponibilidade de água potável, de áreas de lazer e o impedimento da navegação.

 

Em reservatórios de hidrelétricas, o crescimento descontrolado das macrófitas causa problemas nas turbinas, obrigando frequentes descargas pelos vertedouros para a saída das plantas, gerando desperdício de água e diminuição da produção elétrica. Tanto na instalação de barreiras flutuantes (log boom, log tubo, log bambu) projetadas para conter detritos e macrófitas, como no direcionamento desse material com o auxílio de embarcação acoplada a grades articuladas a AGROMIG possui tradição e conhecimento para a remoção de macrófitas aquáticas e segregação dos detritos flutuantes. 

 

A empresa está sempre atenta para pesquisa e desenvolvimento na remoção e aproveitamento dos resíduos orgânicos provenientes da limpeza de lagos e reservatórios. Por meio do método da compostagem obtém-se o adubo orgânico de alta riqueza nutricional que pode ser adicionado às covas de plantio dos reflorestamentos favorecendo os custos de implantação e oferecendo uma alternativa ambientalmente adequada para o descarte da biomassa residual.